Moody’s duvida da capacidade do Grupo Telefónica de reduzir endividamento


A empresa de análise de risco Moody’s divulgou relatório no qual rebaixa a nota do crédito do grupo espanhol Telefónica, dono da operadora brasileira de mesmo nome. Na visão da Moody’s, a holding espanhola será incapaz de reduzir seu endividamento apenas com o crescimento orgânico e redução na distribuição dos dividendos, como defendem seus executivos. Em vez disso, deveria vender ativos para reduzir a dívida que ultrapassa os € 53 bilhões. Com isso, a nota do título de longo prazo da tele foi rebaixada de Ba1 para Ba2.

A operadora até tentou, sem sucesso, vender ativos recentemente. No Reino Unido teve negada pelas autoridades reguladoras permissão de vender a O2, subsidiária de telefonia móvel, ao grupo CK Hutchison. Agora a companhia cogita fazer uma oferta pública de ações da empresa britânica. O grupo também reuniu seus ativos de infraestrutura em uma nova subsidiária, a Telxius, com a intenção de levantar capital na bolsa. Mas a reserva de ações pré-abertura do capital mostrou falta de investidores interessados em comprar os papéis.

Anterior Anatel suspende voto e veto de Tanure e vai multar Oi em milhões de reais
Próximos WhatsApp deixa de compartilhar dados com Facebook no Reino Unido