Modelo de certificação de software nacional sairá no final de fevereiro


Amanhã, quarta-feira, é encerrada a consulta pública para desenvolvimento da metodologia de certificação de software nacional, a CERTICS, que tem por objetivo possibilitar a demonstração junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do efetivo desenvolvimento local do software possibilitando benefícios em licitação pública, conforme determinado no programa TI Maior. Assim, a metodologia deve ser publicada ao final de fevereiro, 60 dias após a conclusão da consulta pública.

A metodologia foi desenvolvida no Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI). Para que o desenvolvimento de um software seja nacional, o CTI avalia que deve ter seus requisitos concebidos no país; a arquitetura do software e a solução técnica (design) estão definidas, com indicação do que foi desenvolvido na Unidade Organizacional; as fases e disciplinas realizadas para o desenvolvimento estão definidas e são compatíveis com o software gerado; os papeis e pessoas que desenvolveram o software estão identificados, são compatíveis com o desenvolvimento e geraram competência tecnológica na Unidade Organizacional; dados técnicos relevantes da tecnologia do software estão documentados; atividades de operação relacionadas ao software estão definidas. (Da redação)

PUBLICIDADE
Anterior Transparência na conta do celular, o próximo passo
Próximos Sprint pode assumir controle da Clearwire