Ministro espera desdobramentos do discurso de Dilma na ONU


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, comemorou o discurso da presidente Dilma Rousseff na abertura da Assembleia-Geral da ONU, nesta quarta-feira (24), quando defendeu uma governança da internet mais democrática e plural. “É importante levar a questão a um fórum tão de peso quanto aquele como forma de buscar uma solução mundial”, disse.

Segundo o ministro, a questão da governança da internet tem sido uma bandeira defendida pelo MiniCom há bastante tempo e que o episódio da espionagem eletrônica feita pelos Estados Unidos reforçou a necessidade de se trabalhar mais em busca de uma solução. “Nossa expectativa é de que haja desdobramentos em outros fóruns ligados à ONU”, disse.

Expresso

Sobre o projeto de oferecer um serviço de e-mail criptografado e público para os brasileiros, discutido na manhã de hoje com o presidente do Serpro, Bernardo disse que já há uma resolução de somar esforços com os Correios e é possível que seja tomada uma decisão já no mês de outubro. “Nós já vamos usar o email do Serpro [o Expresso] nos próximos dias para testar seu funcionamento”, disse.

“O serviço do Serpro está funcionando e os Correios estão com o projeto de vender um serviço de e-mail com certificação, que garanta o recebimento pelo destinatário e o que nós estamos estudando é uma forma de conciliar tudo”, disse o ministro. Ele ressaltou que os Correios têm grande capilaridade, enquanto o Serpro atua apenas nas grandes cidades e não tem expertise de vendas ou mesmo de atender público. “Fazer isso em conjunto para nós tem todo o sentido”, completou.

Anterior Paulo Bernardo diz que Vivo não poderá controlar a TIM
Próximos Cisco anuncia sistema para a Internet de Todas as Coisas