O novo ministro das Comunicações, André Figueiredo, admitiu hoje, 10, que poderá ser adiado o desligamento do da TV analógica na cidade de Rio Verde, que está previsto para ocorrer em 29 de novembro, o que seria o primeiro teste-piloto para a implantação da TV digital no país.

Segundo o ministro, a Abert está pedindo o adiamento do desligamento do piloto, porque não estaria sendo alcançado o percentual de 93% de residências com acesso a TV digital. “Não vamos tomar a decisão de forma açodada, mas vamos dialogar com o setor”, completou.

Conforme o cronograma divulgado há mais de dois anos, Rio Verde, em Goiás, seria a cidade escolhida para o teste-piloto. Brasília será a primeira capital a ter o sinal analógico desligado, com data prevista para abril do próximo ano.

Mídia

Figueiredo negou que vá fazer regulação da mídia, mas quer ” atualizar e aperfeiçoar a legislação”.  E vai ainda acelerar a decisão sobre o preço da frequência a ser paga pelos donos das emissoras rádio AM que migraram para a FM.

Gesac

O ministro pretende também reduzir os custos do Gesac. Segundo ele, a intenção não é retirar qualquer antena ou acesso banda larga já instalado, mas negociar com os demais ministérios que também são contemplados com as conexões – como Ministério da Saúde e o Ministério da Educação – a divisão dos custos.