Minicom recebe manifestações sobre áudio-descrição


O ministro das Comunicações, Hélio Costa, concedeu prazo de 45 dias aos interessados na promoção de acessibilidade por meio da áudio-descrição em televisão. Eles deverão se manifestar nesse prazo acerca das contribuições apresentadas em consulta pública concluída em 31 de janeiro. “O recurso da áudio-descrição na televisão é um tema que trabalhamos com muita dedicação …

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, concedeu prazo de 45 dias aos interessados na promoção de acessibilidade por meio da áudio-descrição em televisão. Eles deverão se manifestar nesse prazo acerca das contribuições apresentadas em consulta pública concluída em 31 de janeiro. “O recurso da áudio-descrição na televisão é um tema que trabalhamos com muita dedicação e queremos que se torne realidade tanto nas geradoras quanto nas retransmissoras de televisão de todo nosso país. Isso vai garantir aos deficientes visuais o direito à comunicação, ao entretenimento, à cultura e ao lazer”, disse o ministro Hélio Costa.

A áudio-descrição, prevista na lei nº 10.098 e regulamentada pelo decreto 5.645 e portaria do Ministério das Comunicações nº 661/98, é um recurso tecnológico que as emissoras de televisão, tanto as geradoras quanto as retransmissoras, vão tornar disponível aos telespectadores. Por meio desse recurso, a emissora inclui um canal de áudio com a descrição das imagens e outras informações constantes do cenário de um programa televisivo.

Na consulta pública sobre a promoção à acessibilidade para pessoas com deficiência nos serviços de televisão há contribuições importantes. Desde a tecnologia a ser implantada – Programa Secundário de Áudio (SAP), Internet Protocol (IP) e outras usadas na radiodifusão e nas redes de telefonia fixa e móvel –, a mão-de-obra necessária, bem como o impacto da adoção dessa tecnologia do ponto de vista econômico, inclusive em função da implantação da TV Digital no Brasil. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Lucro anual da Vodafone cai 54%
Próximos Sun anuncia novos serviços baseados em código aberto