Minicom prevê licitação da faixa de 450 MHz para início de 2012


O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, prevê que a faixa de 450 MHz seja usada para levar telefonia 3G em áreas rurais e remotas do país até meados de 2012. Para isso, o ministério deve negociar a saída dos serviços da Polícia Federal nessa frequência até o final do ano.

A migração dos serviços da PF para outra faixa custará R$ 70 milhões, já previstos no orçamento da união. O regulamento de destinação dessa faixa, aprovado no final do ano passado pela Anatel, prevê um prazo de até cinco anos para essa migração. O uso dessa faixa para levar a banda larga para zona rural é uma das prioridades do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).
 
Alvarez listou as vantagens da utilização da frequência de 450 MHz, a qual permite maior alcance, menor quantidade de torres e consequentemente menor custo. Ele também acrescenta que a faixa para a qual a Polícia Federal migrará, vai permitir a operação na freqüência de padrão mundial, o que significa acesso a tecnologias mais avançadas e facilidade de atuar em conjunto com a polícia de outros países.(Da redação)

PUBLICIDADE
Anterior Falco minimiza ato da Anatel que proíbe venda de bens reversíveis
Próximos Proposta do governo para regular mídia proíbe propriedade cruzada