MiniCom lança segunda etapa do programa Cidades Digitais


 

O Ministério das Comunicações abre, nesta segunda-feira (4), prazo para inscrições das prefeituras interessadas em participar da segunda etapa do programa de Cidades Digitais. Serão aceitas as propostas dos municípios com até 50 mil habitantes e que fiquem distantes até 50 km do backbone da Telebras. Dessa vez poderão ser contemplados consórcios de pequenos municípios. As cartas-consulta poderão ser enviadas até o dia 5 de abril.

 

A segunda etapa do programa será incluída entre as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e conta com R$ 100 milhões do orçamento do governo, podendo contemplar entre 150 a 200 cidades. No projeto-piloto, foram selecionados 80 municípios, que devem ter suas redes implantadas até julho deste ano. A seleção das cidades será feita pela Secretaria de Inclusão Digital do MiniCom.

Os municípios selecionados serão apoiados por meio das seguintes ações: implantação de uma infraestrutura de rede para conexão à internet de órgãos e equipamentos públicos locais; instalação de pontos públicos de acesso à internet para uso livre e gratuito pela população; instalação de solução de gerenciamento da infraestrutura para o funcionamento da rede; apoio e suporte técnico ao longo de seis meses (operação assistida) para garantir o funcionamento da rede; instalação de aplicativos de governo eletrônico com suporte para migração, treinamento, hospedagem e operação assistida; e formação e capacitação dos servidores públicos sobre o funcionamento da rede e no uso das ferramentas das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para melhoria da gestão pública e promoção da cidadania.

Leia aqui a íntegra da portaria do MiniCom.

Anterior EUA multa empresa de aplicativo por coletar informações indevidamente
Próximos Anatel conclui consultas sobre normas necessárias à realização da Copa