MiniCom indica nomes que vão propor mudanças nas concessões


O grupo de Trabalho que vai rever as concessões de telefonia fixa e propor um novo modelo legal e regulatório para as telecomunicações foi hoje, 03, constituído. Será coordenado pelo secretário Maximiliano Martinhão e  formado por representantes do Minicom e da Anatel.

Farão parte do grupo de formulação, como titulares, Miriam Wimmer e Artur Coimbra (da atual equipe da secretaria) e Flávio Lenz (assessor direto do ministro André Figueiredo, que já trabalhou com Max).

Pela Anatel, fazem parte do grupo os superintendentes Carlos Baigorri, Alexandre Bicalho e Karla Crosara.

Como suplentes estão, pelo Minicom, Otávio Caixeta, Luana Borges, André Gomes e Diama Tomimura. Pela Anatel, Abrão Balbino, Nilo Pasquali e Ronaldo Neves.

O grupo tem, a princípio, 90 dias (ou seja, ele não conclui os estudos antes do fim do prazo legal para a renovação dos atuais contratos de concessão, cuja assinatura está prevista para até o dia 31 de dezembro, mas pode ser adiada) para apresentar uma proposta.

A intenção, conforme informou Miriam em uma audiência na Câmara dos Deputados, é lançar para consulta uma série de perguntas sobre o atual modelo de telecomunicações, e alternativas de mudanças, sem contato, apontar, por enquanto qualquer proposta concreta. O grupo pretende convidar diferentes segmento das sociedade também para se manifestar.

 

 

 

 

 

Anterior MCTI cria comitê para acompanhar obras de incubadoras
Próximos VoLTE chegará a 2 bilhões de conexões em 2020