Minicom e Fazenda chegam a acordo e vão desonerar smartphones de até R$ 1,5 mil


O ministro das Comunicações Paulo Bernardo declarou nesta terça-feira (2) que a pasta chegou a um acordo com a Fazenda para a tão prometida desoneração de smartphones. O teto foi definido em R$ 1,5 mil, segundo Bernardo, mas as pastas ainda negociam a possibilidade de haver um teto diferente para celulares 4G.

“A Fazenda defende um teto único e nós entendemos que deve haver um teto diferente para (aparelhos) 4G”, disse o ministro. Segundo ele, o Minicom entende que o teto para smartphones 3G deve ser para aprelhos que custam até R$ 1 mil e para 4G, R$ 1,5 mil.

O acordo com a Fazenda, segundo ele, ocorreu na última quinta-feira. A medida sairá por um decreto da presidenta Dilma Rousseff ainda em abril e será regulamentada pelo MiniCom. Paulo Bernardo participou nesta terça-feira (2) da inauguração da nova sede da Telefônica Vivo na zona sul de São Paulo.
 

Anterior Análise da concorrência: agências avaliam a rede 4G da Oi e TIM
Próximos Rezende: ainda vemos dificuldades no serviço de transmissão de dados