MiniCom dará R$ 7 mi para centro de conteúdos digitais no RS


O Ministério das Comunicações vai repassar R$ 7 milhões para o governo do Rio Grande do Sul com o objetivo de incentivar a produção nacional de conteúdos digitais, como aplicativos para smartphones e TV interativa. O acordo foi assinado nesta segunda-feira (11), em Porto Alegre, pelo secretário-executivo do MiniCom, Cezar Alvarez, e o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

Por meio de um edital, que deve ser lançado no próximo mês pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs), será selecionado um projeto de instituições científicas e universidades com o intuito de implantar no estado um centro tecnológico para a criação desses conteúdos.

Os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos e softwares para a instalação de estúdios e laboratórios, que deverão ser compartilhados por várias empresas, em um modelo colaborativo. “Nossa ideia é dar autonomia e visibilidade a profissionais que estão fora das grandes companhias, mas que têm competência e querem mostrar o seu trabalho”, destacou Alvarez.

Em janeiro deste ano, o Ministério das Comunicações também assinou um convênio semelhante com o governo de Pernambuco, com o objetivo de apoiar a aquisição de equipamentos para o Porto Digital, um complexo tecnológico do estado. E, ainda em 2013, deverá ser lançado um edital nacional para que outras localidades sejam beneficiadas.

A iniciativa está em consonância com o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e busca promover a indústria brasileira de conteúdos digitais criativos, garantindo a oferta nacional de bens e serviços voltados às redes de telecomunicações e de televisão digital.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Nova composição societária da Sky será votada na Anatel nesta quinta
Próximos Telebras conecta a prefeitura de Anápolis (GO) à internet