Minicom avança em estímulo à produção de conteúdo digital


O governo federal, por meio do Ministério das Comunicçaões, firmou convênio com o Porto Digital do Recife (PE), que prevê a transferência de R$ 7 milhões para o governo de Pernambuco  para investimento em produção e pós-produção de obras audiovisuais, games e aplicativos. A informação foi divulgada hoje no Diário Oficial.

Com o dinheiro, o Porto Digital deverá montar um estúdio de cinema e TV, um estúdio de motion capture, e um laboratório para testes e certificação de aplicativos para dispositivos móveis, e uma render farm, bem como apoio às atividades de gestão e de transferência de tecnologia das empresas instaladas no arranjo produtivo local.

De acordo com o assessor da Secretaria Executiva do Minicom, James Görgen, a ideia é permitir que várias empresas sejam beneficiadas. “Nós escolhemos este projeto para começar justamente porque ali já existe um arranjo produtivo local, que é a aglomeração de várias empresas com vínculos de interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais”, explica.

Segundo Görgen, o governo pretende investir na instalação de novos centros. “Nós queremos dar condições para que as empresas possam criar, inovar, e muitas vezes esses equipamentos caros são uma barreira de entrada no mercado. Por isso, estamos apostando nesse modelo colaborativo”, ressalta, citando que o arranjo produtivo local mais conhecido no mundo é o Vale do Silício. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Telebras republica edital de concurso público com alterações
Próximos Oi estende promoção de ligações gratuitas de orelhão para Amazonas e Espírito Santo