MinC cria a Política de Cultura Viva


O ministro da Cultura, Juca Ferreira, publicou hoje Instrução Normativa instituindo a Política Nacional de Cultura Viva – PNCV. O Pontão de Cultura é  “entidade certificada como tal pelo Ministério da Cultura, de natureza ou finalidade cultural ou educativa que desenvolva, acompanhe e articule atividades culturais em parceria com as redes regionais, identitárias e temáticas de Pontos de Cultura e outras redes temáticas que se destinam à mobilização, à troca de experiências, ao desenvolvimento de ações conjuntas com governos locais e à articulação entre os diferentes Pontos de Cultura que poderão se agrupar em nível estadual, regional ou por áreas temáticas de interesse comum, visando à capacitação, ao mapeamento e a ações conjuntas”.

O governo poderá repassar para Pontos de Cultura até R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) e valor da parcela anual de até R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais); e  para Pontões de Cultura: valor total do repasse de até R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais) e valor da parcela anual de até R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais).

Os projetos terão validade mínima de 12 meses e os pontos de cultura terão que ser cadastrados no ministério.

Anterior Câmara libera terceirização para atividade fim da empresa
Próximos Segurança da Informação, para eliminar dependência externa