Millicom e Liberty LA desistem de fusão


A Millicom avisou na noite de ontem, 22, que a Liberty Latin America desistiu da negociação de uma fusão entre as companhias. Se levado a cabo, o negócio formaria uma das principais operadoras da América Latina, capaz de concorrer com América Móvil e Telefónica na região.

Em comunicado sucinto ao mercado, a Millicom informou apenas que a Liberty abandonou as negociações “sem que tenha feito qualquer oferta”.

Por sua vez, a Liberty informou que segue “focada em uma estratégia própria de crescimento e entrega de valor a acionistas”.

Conforme o site de notícias Bloomberg, o negócio naufragou devido ao descontentamento do comando da Millicom com o baixo valor das ações da Liberty e seu endividamento – de US$ 6,7 bilhões – e geração de caixa inferiro. O valor da dívida é quase o dobro da Millicom.

A Liberty opera em 21 países na América Latina e no Caribe no segmento fixo (TV, telefonia e banda larga) e móvel. Opera também uma rede de cabos submarinos conectando 40 mercados. A Millicom realiza operações móveis em oito país na América Latina: Colômbia, Bolívia, Paraguai, Guatemala, Honduras, El Salvador, Costa Rica e Nicarágua.

Anterior Equinix faz parceria com Gêneses IT para venda de cloud híbrida
Próximos Viasat diz que seu WiFi comunitário já cobre 1 milhão de pessoas no México