Microsoft vai encerrar o suporte a dispositivos com Windows 10 Mobile


O Lumia 435 tem câmera traseira de 2 MP.

A Microsoft avisou que os donos remanescentes de aparelhos Windows 10 Mobile não terão mais qualquer suporte a partir de 10 de dezembro de 2019. Para os donos de celulares Lumia 640 e 640 XL, o suporte termina antes, em 11 de junho. A empresa já tinha parado de desenvolver aplicativos para a plataforma em 2017.

A empresa continuará a permitir que backups dos aparelhos aconteçam automaticamente por mais três meses, e o serviço de armazenamento de fotos em nuvem e de restauração de um backup antigo do celular seguirá funcional até o final de 2020. A loja de aplicativos, no entanto, continuará funcionando, sem prazo determinado.

A partir de dezembro, os smartphones e tablets não receberão nenhuma atualização de segurança ou correções de bugs. Até a página de assistência criada na internet deixará de ser atualizada. A empresa diz que nada impede que desenvolvedores que ainda acreditem no sistema e tenham aplicativos funcionais na plataforma continuem o desenvolvimento.

A empresa recomenda que os usuários troquem seus aparelhos Windows 10 Mobile por modelos com sistema Android ou iOS.

O Windows 10 Mobile foi a aposta da Microsoft no mercado móvel. A proposta naufragou, sem nunca alcançar vendas superiores a 6% do mercado global. Atualmente, tem 0,34% do mercado mundial, conforme o Globalstats Stat Counter, que afere o percentual de sistemas usados para navegação na internet. O Android, por sua vez, tem 74,92% do mercado, e o iOS, 22,2%.

No Brasil, o Windows Phone ainda era usado por 0,84% dos donos de smartphone, enquanto o Android dominava com 84,11%. O iOS tinha 14%, em dezembro, também conforme o Stat Counter.

Anterior Anatel prorroga consulta da norma de segurança das redes
Próximos Brasil, México e Chile lideram América Latina em alocação de espectro móvel