Microsoft expande Azure para vencer contrato


Até o final do primeiro trimestre de 2019, o Azure, o conjunto de serviços de nuvem da Microsoft, já deverá estar preparado para permitir que clientes governamentais salvem dados em seus próprios servidores. A informação foi liberada hoje, 9, pela empresa, nos Estados Unidos, no momento em que ela disputa, com a Amazon, um contrato do Pentágono de US$ 10 bilhões.

O contrato de solução de computação em nuvem faz parte dos esforços do Pentágono de modernizar sua infraestrutura de TI. O Google também estava na disputa, mas acabou abandonando o projeto.

O Azure é uma nuvem híbrida, está presente em todas as regiões do globo e tem um volume expressivo de usuários de todos os segmentos da economia. (Com noticiário internacional)

Anterior Aberta a consulta pública do edital para venda de concessão da Sercomtel
Próximos Gmail anuncia Smart Compose em português

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *