México exige mudanças tecnológicas para aprovar compra da Nextel pela AT&T


O Instituto Federal de Telecomunicações (IFT), agência reguladora do México, ao aprovar a compra da Nextel pela AT&T, estabeleceu uma série de condições, que não foram divulgadas por serem consideradas “informação confidencial”, informa o portal Convergencia Latina.

Na nota à imprensa, a agência informa que a AT&T deverá fazer “mudanças significativas na infraestrutura e na tecnologia da atual rede da Nextel”.

Com esta aquisição, conforme  a agência, a AT&T se transforma na terceira operadora em número de usuários, segunda em receita e primeira em espectro disponível. O México tem destinados 90 MHz na faixa de 700 MHz, 80 MHz na AWS (1,8 GHz) e 130 MHz na de 2,5 GHz (ainda não licitada).

 

 

 

Anterior Cisco fará smartgrid para a Eletrobras em seis estados
Próximos Dell vai vender WiFi gerenciado da Aerohive