México dá início a processo de avaliação do poder de mercado da América Móvil


A América Móvil, grupo mexicano e telecomunicações controlador da NET, Embratel e Claro no Brasil, informou nesta quinta-feira (5) que recebeu notificação do Instituto Federal de Telecomunicações acerca do início de procedimento para avaliar sua prepoderância no mercado e de possível imposição de medidas regulatÓrias para balanceá-la. Nesta primeira fase, o grupo terá de fornecer dados de certos aspectos do mercado. 

As subsidiárias da América Móvil, Radiomóvil Dipsa e Teléfonos de México, também foram notificadas do início de precesso nos mesmos termos.

Com isso, é dado início ao processo para, de acordo com a recém implementada regulamentação do setor, melhorar o nível de competitividade naquele mercado. A possibilidade de alteração da conjuntura econômica das telecomunicações no México tem estimulado competidores internacionais a buscarem um reposicionamento naquele país. A Telefónica, por exemplo, já admitiu conversas no sentido de uma fusão ou aquisição com um operador local. (Da redação)
    

Anterior Carência de mão-de-obra e custo são maiores entraves à inovação
Próximos Rezende é reconduzido à presidência da Anatel