Metade das empresas de eletrônicos do país deixou de fabricar algo nos últimos 3 anos


Uma sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria Eletroeletrônica (Abinee) apontou que 49% das empresas do setor eletroeletrônico deixaram de fabricar algum produto nos últimos três anos, em decorrência da falta de competitividade.

Segundo o levantamento, divulgado nesta terça-feira (4), o processo pode se acentuar, caso as empresas não melhorem seu posicionamento em relaçào à concorrência internacional.No ano passado, 23% do faturamento do setor eletrônico, que atingiu R$ 156,6 bilhões, é composto de bens importados.

A entidade, pede que sejam implementadadas “medidas de incentivo à produção local”. Entre as citadfas pelas empresas pesquisadas está a desoneração da folha de pagamento. Para o presidente da Abinee, Humberto Barbato, a pesquisa comprova a baixa capacidade de competição das indústrias instaladas no Brasil, diante de entraves como a logística precária e alto custo de mão de obra. (Da redação)

Anterior Satya Nadella é confirmado CEO da Microsoft
Próximos Boingo diz que não entregou dados de usuários à agência canadense