Mesmo com fiasco das baterias, lucro da Samsung cresce 11,3% em 2016


samsung s7 edge e s7 smartphone
O S7 puxou as vendas da empresa em smartphones em 2016

A Samsung divulgou durante a noite seus resultados financeiros para o ano de 2016. A companhia sul-coreana obteve receita praticamente igual à de 2015, com faturamento de 201,87 trilhões de wons coreanos (equivalente a US$ 173 bilhões). O lucro líquido cresceu 11,3%, para 22,73 trilhões de wons (US$ 22,7 bilhões).

O problema com os celulares Galaxy Note 7, que redundaram na retirada do celular do mercado em todo o mundo após dispêndios com recall, ajudou a reduzir os ganhos. Esse segmento teve queda de 3% no faturamento. Ainda assim, vendas aquecidas do Galaxy S7 e maior margem dos aparelhos de entrada e intermediários evitaram um tombo.

Mas as vendas da divisão de semicondutores cresceram 8% em 2016, puxadas especialmente pela demanda por memória (crescimento de 10%), o que levou ao resultado positivo.

2017
Para este ano, a Samsung acredita em expansão fraca do setor de smartphones. O diferencial será colocado em recursos de inteligência artificial. Também terá foco no aumento de venda de produtos LTE nos países emergentes. E em redes, acredita que terá oportunidades em infraestrutura para internet das coisas nos países desenvolvidos.

Anterior El Salvador adota padrão nipo-brasileiro de TV digital
Próximos Anatel quer regular Google e Netflix e abrir seus contratos de troca de tráfego