Mercado mundial de computadores registra o maior crescimento em 7 anos


Dados da empresa de pesquisa de mercado Canalys dão conta de que, no terceiro trimestre, o mercado mundial de computadores teve o maior crescimento registrado nos últimos sete anos. Houve uma expansão das vendas em 4,7%, com 70,9 milhões de unidades vendidas.

As empresas que lideraram a demanda foram Lenovo, em primeiro lugar, e HP, em segundo. Ambas registraram crescimento forte no Japão e nos Estados Unidos. A Lenovo vendeu 17,3 milhões de máquinas, enquanto a HP, 16,7 milhões. A Dell foi a terceira colocada do mercado global, com 12,1 milhões em vendas. A Apple foi a quarta colocada, com 1,5% do total vendido, e a Acer a quinta, com 0,8%. O conjunto das demais marcas apresentou encolhimento de 0,1%.

Segundo a consultoria, porém, o aumento das vendas não se deve a um mar tranquilo. Pelo contrário, seria um indicativo de que as revendedoras estão formando estoques para o fim de ano e como precaução diante do aumento do protecionismo mundo afora.

Nos EUA, por exemplo, espera-se que no fim do ano haja aumento de impostos sobre a importação de produtos chineses, com um impacto sobre um mercado de US$ 37 bilhões de notebooks e tablets. Os fabricantes aceleraram pedidos e orientaram os parceiros de distribuição a ampliarem estoques antes de 15 de dezembro, quando as novas tarifas passam a vigorar. Também no quarto trimestre a Canalys espera aumento das vendas em função do mesmo fenômeno.

No Japão, as vendas cresceram em função do fim do prazo de suporte da Microsoft a computadores com Windows 7 e para a preparação das Olimpíadas de Tóquio de 2020. E ainda este mês, o país vai elevar impostos sobre o consumo.

 

Anterior Governo cria base de dados dos cidadãos e facilita compartilhamento
Próximos Exportações de eletroeletrônicos caem 7,6% em setembro

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *