Mercado de celular deve crescer 10% em 2007


 O mercado brasileiro de telefonia celular deverá crescer 10% este ano, projeta Mario Cesar de Araujo, presidente da Tim Participações. Embora ainda espere esse incremento na base de consumidores, Araujo acredita que a disputa vai se dar entre os clientes já existentes e a empresa se prepara para estimular esse churn a seu favor.  Mas …

 O mercado brasileiro de telefonia celular deverá crescer 10% este ano, projeta Mario Cesar de Araujo, presidente da Tim Participações. Embora ainda espere esse incremento na base de consumidores, Araujo acredita que a disputa vai se dar entre os clientes já existentes e a empresa se prepara para estimular esse churn a seu favor.  Mas o executivo assegura que não voltará a fazer o subsídio indiscriminado de anos atrás. “A Tim não vai entrar no subsídio ou perda de valor,” afirmou.

Segundo Araujo, o incremento do Arpu (conta média do usuário), para R$ 37,00, foi motivado pelo aumento dos clientes pós-pagos e pelo mercado corporativo. Na sua avaliação, há muito espaço para a empresa crescer nesses dois segmentos.

3G e WiMAX

Conforme antecipou na semana passada o Tele.Síntese Análise, Araujo reafirmou, durante a conference call com os jornalistas, que a Tim quer comprar licenças de 3G e WiMAX. Para ele, as duas tecnologias são complementares e, enquanto a terceira geração servirá para ampliar a área de cobertura da telefonia móvel, o WiMAX poderá ser usado no atendimento ao cliente corporativo. Ele voltou a defender que as freqüências de 3G (em 1.9GHz e 2.1GHz) sejam vendidas juntamente com as demais licenças de 1.8GHz e 1.9GHz,  para preservar a isonomia entre as operadoras.

( Da Redação ) 

Anterior Nokia reclama da política fiscal de São Paulo
Próximos Senado pode aprovar o nome de Sardenberg para Anatel ainda hoje