MediaTek lança chipsets compatíveis com WiFi 6


Componentes são indicados para dispositivos móveis e de internet das coisas. Subsidiária Autus, dedicada a tecnologias para carros conectados, lançou radar de ondas milimétricas e anunciou SoC para veículos.

A MediaTek anunciou durante a CES de Las Vegas seu novo conjunto de chipsets inteligentes de conectividade que suporta a próxima geração da tecnologia WiFi, o Wi-Fi 6 (802.11ax), para redes wireless domésticas e corporativas.

Os chipsets têm acesso múltiplo de divisão de frequência ortogonal (OFDMA, da sigla em inglês) e 1024 QAM, o que garante maior largura de banda para download e upload; MIMO multiusuário (MU-MIMO), que aumenta a capacidade do canal quando são alimentados mais dispositivos que operam ao mesmo tempo; Target Wake Time (TWT), que define o horário exato que os clientes são ativados ou desativados, fazendo com que dispositivos de IoT (Internet das coisas) reduzam seu consumo de energia; reutilização espacial, que que permite aos pontos de acesso o compartilhamento de capacidade de canal com a tomada de decisões inteligentes sobre quando transmitir dados.

A tecnologia de conectividade da MediaTek, em conjunto com o OFDMA – 1024QAM, coloca um fim nos conflitos de tráfego de dados. Essa tecnologia organiza os pacotes de diversos usuários e traz uma maior qualidade no fluxo de dados, para que assim não haja atrasos enquanto ocorre o streaming de vídeos e jogos online, conforme a companhia.

Durante a CES, feira de eletrônicos que acontece nesta semana em Las Vegas, nos EUA, a fabricante também lançou chips dedicados à inteligência artificial, feitos para serem integrados a TVs ou alto-falantes inteligentes.

E sua subsidiária, a Autus, mostrou também um chip para IoV (“internet dos veículos”), projetado para ser o cérebro da conectividade dentro de um carro conectado. No caso, o System On Chip (SoC) transmite dados do veículo em tempo real, mesmo sob as altas temperaturas de um motor a combustão. O SoC faz agregação de portadoras a fim de suportar aplicações que exijam alto tráfego de dados (como direção remota ou autônoma). A produção começa este ano.

A Autus também mostrou sua solução de radar usando ondas milimétricas. A tecnologia de radar automotivo apareceu na CES e vem sendo desenvolvida por vários players do mercado, inclusive o Google (cuja versão chama Soli). No caso da Autus, sua tecnologia complementa o sistema de reconhecimento de imagem para prevenir acidentes e é pensado exclusivamente para veículos sem motorista. O radar já começou a ser produzido no final de 2018.

Anterior Grupo Claro Brasil dá mais um passo na integração e reestrutura diretorias
Próximos BSS full-stack da Ericsson encalha e empresa anuncia cortes