Mdic quer investimento da Lei de Informática em Economia Digital na Amazônia


As contrapartidas aos incentivos fiscais para a produção de produtos de informática e telecomunicações produzidos na Zona Franca de Manaus podem ser alocados também pelas empresas em projetos prioritários a ser investidos na região. Hoje, 19 foram criados três novos projetos: o de economia digital (que inclui IoT, cibernética, cidades inteligentes), biotecnologia e formação de recursos humanos.

Shutterstock/RoyStudio
Shutterstock/RoyStudio

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, por intermédio do  Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia – CAPDA – estabeleceu hoje, 19, programas prioritários para investimentos em pesquisa e desenvolvimento na região amazônica. Entre eles, foi estabelecido o de Economia digital, que irá abranger:

I Internet das coisas: tecnologias que envolvem a comunicação entre dispositivos eletrônicos, máquinas industriais, etc. à internet;

II Segurança e defesa cibernética;

III Cidades Inteligentes: diz respeito a utilização de Tecnologias da Informação e Comunicação para facilitar a sobrevivência humana em grandes conglomerados humanos;

IV Integração, processamento e análise de grandes volumes de dados (Big Data) e computação em nuvem;

V Manufatura avançada: utilização de tecnologia avançada envolvendo sensores, processamento de dados e inteligência artificial na automação de linhas de produção;

VI Tecnologias de Informação e Comunicação aplicadas às áreas de Saúde, Educação, Segurança, Energia e Mobilidade;

VII Telecomunicações

Foram escolhidos também como prioritários os programas de formação de recursos humanos e de biotecnologia.

Foi credenciado o MIT – Manaus Instituto de Tecnologia como uma das instituições aptas a receberem os recursos previstos na Lei 8.387/91 e descredenciada a Unidade de Gestão Estratégica do Centro de Ciência Tecnologia e Inovação do Polo Industrial de Manaus – CT-PIM.

A resolução 13 também publicada hoje, 19, no Diário Oficial da União, disciplina a operacionalização e acompanhamento dos investimentos.

Anterior Qualcomm pode receber multa milionária na Coreia do Sul
Próximos Exportações de eletroeletrônico têm ligeira melhora no semestre, mas telecom continua em queda