MDic abre consulta pública para alterar PPB de fibras ópticas


O Ministério de Desenvolvimento abriu duas consultas públicas para alteração do Processo Produtivo Básico (PPB) de fibra óptica e estabelece o de leitor de cartão, conectado ao canal de áudio, para dispositivos móveis. As contribuições poderão ser feitas em um prazo de 15 dias, a contar desta quarta-feira (14).

No PPB das fibras ópticas, o MDic propõe a dispensa do percentual de 20% do processamento físico-químico que resulte na obtenção de preforma pela fabricante. Ela poderá comprar de terceiros, desde que produzidos no país.

Já a criação do PPB de leitor de cartão, conectado ao canal de áudio, para dispositivos móveis, permite a terceirização das seguintes etapas: fabricação da PCI a partir do laminado; montagem e soldagem de todos os componentes nas placas de circuito impresso; montagem das partes elétricas e mecânicas, totalmente desagregadas, em nível básico de componentes; integração das placas de circuito impresso e das demais partes elétricas e mecânicas na formação do produto final e gravação da chave criptográfica e testes finais.

Anterior Hispasat e Intelsat vão compartilhar posição orbital na América Latina
Próximos MVNO Porto Seguro Conecta expande operação em SP