TeleSintese-apresentacao-reuniao-treinamento-curso-grafico-resultado-positivo-plateia-pessoasO Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou nesta segunda-feira (17) uma chamada pública para escolher mil telecentros de todo o país para participar do Programa Nacional de Formação de Agentes de Inclusão Digital (Pnaid). As unidades escolhidas poderão inscrever um monitor bolsista para participar de um programa de formação à distância enquanto ajuda os usuários do telecentro. Podem participar telecentros estaduais, municipais e de iniciativas privadas. As inscrições começam nesta terça-feira (18) e vão até o dia 18 de agosto.

O Pnaid tem o objetivo de revitalizar os telecentros e reforçar as políticas de inclusão digital. As mil vagas serão distribuídas entre as cinco regiões do Brasil: 400 no Nordeste, 200 no Norte, 200 no Sudeste, 100 no Sul e 100 no Centro-Oeste. Terão prioridade as unidades localizadas em áreas remotas ou comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Os telecentros são espaços dotados de computadores conectados à internet e abertos à população, onde podem ser desenvolvidas atividades de inclusão digital, como cursos e oficinas. Outros dois editais serão lançados em breve pelo Pnaid para escolher os Institutos Federais responsáveis pelo material pedagógico e pela execução dos cursos de formação. A expectativa é que a capacitação comece em fevereiro de 2018.

“O Pnaid contribuirá para a universalização da cultura digital no país por meio do fomento à formação de profissionais nas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs)”, explica o coordenador de Formação do Departamento de Inclusão Digital, Jean Marc Mutzig, acrescentando que os resultados serão publicados em 18 de setembro.

A Coordenação de Formação do MCTIC esclarecerá eventuais dúvidas sobre o edital pelo e-mail cofor@mctic.gov.br.  (assessoria de imprensa).