MCTI cria novas regras para projetos prioritários (PPI) de informática e automação


O ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) publicou hoje portaria de nº 422, no Diário Oficial da União, que estabelece critérios para apresentação e aprovação das propostas que serão financiadas pelos Programas e Projetos de interesse nacional na área de informática e automação (PPI) considerados prioritários pelo Comitê da Área de Tecnologia da Informação – CATI. A portaria regulamenta o decreto 5.906, de 2006.

 

Conforme a norma, a liberação dos recursos à instituição executora de PPI na forma do projeto aprovado será realizada mediante ofício de autorização à Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da
Informação – FacTI, instituição responsável pela custódia dos recursos.

Anterior Abinee está confiante em que reforma do ICMS 'desvirtuada' não passará
Próximos Furukawa fatura R$ 446 milhões na AL em 2012