Martinhão pode ir para a presidência da Telebras?


Maximiliano Martinhão - Secretário de Telecomunicações

O atual secretário de informática e ex-de telecom, Maximiliano Martinhão, poderá ser guindado para a presidência da Telebras, que está vaga desde julho, com a saída de Antonio Loss. A estatal está sem dois cargos de direção há algum tempo, pois o diretor comercial deixou a empresa em meados do primeiro semestre e até hoje sua vaga não foi preenchida.

Max, como é conhecido no governo e no setor, é bastante familiarizado com a estatal, por fazer parte de seu Conselho de Administração, e participou intensamente dos debates para a  nova modelagem do SGDC (o satélite geoestacionário), leilão ocorrerá no próximo dia 28 de agosto. Para rentabilizar a venda dos dois lotes aos operadoras privados, a Telebras promoveu três road shows, em São Paulo, Londres e Nova Iorque.

Com a sua saída do Ministério, abre-se mais vagas para as indicações políticas. E a Sepin é um alvo cobiçado, conforme as informações que circulam no Congresso, porque está lidando com milhares de processos pendentes de prestação de contas de empresas às contrapartidas exigidas pela Lei de Informática.

A indicação para a vaga de Max caberá ao deputado Thiago Peixoto, do PSD de Goiás.

Anterior Governo precisa de R$ 21 bilhões para universalizar a banda larga
Próximos Net lança Now na TV para o cliente banda larga no DF