Mapa online mostra onde descartar lixo eletrônico


                                                                     Enquanto a estrutura para a logística reversa de equipamnetos eletrônicos ainda não foi definida e segue em debate no governo Federal, os consumidores podem encontrar os pontos de entrega de todo tipo de lixo eletrônico em um único lugar: no e-lixo maps, uma ferramenta de busca online que utiliza o google maps para indicar …

                                                                     Enquanto a estrutura para a logística reversa de equipamnetos eletrônicos ainda não foi definida e segue em debate no governo Federal, os consumidores podem encontrar os pontos de entrega de todo tipo de lixo eletrônico em um único lugar: no e-lixo maps, uma ferramenta de busca online que utiliza o google maps para indicar os pontos de coleta e reciclagem de lixo eletrônico em todo o Brasil.

A iniciativa do Instituto Sergio Motta começou para atender apenas à população do Estado de São Paulo, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, porém, a demanda de busca, interesse e necessidade da população, tornou obrigatória a expansão de cobertura, de acordo com o instituto. Assim, aos poucos os pontos de coleta de todo o Brasil estão sendo registrados.

As buscas são feitas por endereço e por tipo de lixo eletrônico, com opções que vão de agenda eletrônica a webcam, passando por videogames, televisões, roteadores etc. As próprias entidades coletoras podem se cadastrar no mapa, desde que o projeto esteja devidamente estruturado, regularizado e ativo. Basta preencher um formulário e mandar por e-mail. O Instituto Sergio Motta pede que sejam enviados licenças, certificações e imagens.

Atualmente, no Brasil, o tempo médio de uso de celular é inferior a dois anos, de um computador são quatro anos nas empresas e cinco anos nas residências. Com pouco tempo de uso, os dispositivos são guardados em casa ou descartados de forma inadequada, causando danos ao meio ambiente. Com o encaminhamento para os locais apontados pelo e-lixo, grande parte dos equipamentos serão reutilizados em equipamentos novos ou reciclados.

Anterior Teles faturam R$ 53,1 bi e investem R$ 4,7 bi no 1º trimestre de 2012, diz Telebrasil
Próximos Oi oferta banda larga a R$ 35 em mais 150 cidades