Mais duas indústrias de semicondutores ganham incentivos


A Smart Modular Technologies Indústria de Componentes Eletrônicos e a Flex IC Indústria Eletrônica foram habilitadas no Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores (Padis), para a realização das atividades de encapsulamento, teste de dispositivos eletrônicos semicondutores teste de circuitos integrados híbridos a filme espesso, montados diretamente sobre placa de circuito impresso com tecnologia “chip on board”. As atividades serão isentas de PIS/Cofins, Imposto de Importação e Contribuição de Intervenção (II) de Domínio Econômico (Cide) até 2022.

O encapsulamento e testes de semicondutores beneficiados da Smart Modular Technologies – fabricante americana de memórias para computadores que instalou em 2006 uma unidade em Atibaia, no interior paulista – envolvem cartões de memória Micro SD (secure digital) e Micro SDHC (secure digital high capacity), constituído por memória flash, montada diretamente sobre placa de circuito impresso (chip on board), com capacidade de armazenamento de memória de 128 MBytes a 4 GBytes, ou superior.

A Smart também foi aprovada para a realização das atividades de encapsulamento e teste dos seguintes dispositivos eletrônicos semicondutores, como dispositivos de armazenamento não volátil de dados à base de semicondutores, com conexão por interface do tipo USB (universal serial bus), constituído por memória flash montada diretamente sobre placa de circuito impresso (chip on board), com capacidade de armazenamento de memória de até 256 GBytes, ou superior, denominado USB Flash Drive (UFD).

Já a Flex IC Indústria Eletrônica foi autorizada a fabricar amplificador de alto ganho para aplicação em transmissores de pressão automotivo; elemento sensor para aplicação em transmissores de pressão automotivo; amplificador de alto ganho para aplicação em sensores TPS tipo hall automotivo; e elemento sensor para aplicação em medidor de nível de combustível automotivo.

Os incentivos às fábricas de semicondutores é um dos principais eixos da nova política industrial brasileira.(Da redação)

Anterior Desempenho da estreante Free afeta resultados da France Télécom
Próximos Facebook já é o centro do universo social dos jovens, aponta estudo.