Mais de 600 mil usuários trocaram de operadora fixa na portabilidade


Segundo a Base de Dados de Referência da ABR Telecom, 2.479.626 solicitações de troca de operadora com manutenção do número de telefone em todo o País. Do total de pedidos, 66%(139.296) refere-se a solicitação de telefonia móvel e 34% (71.796) de telefonia fixa. Até a meia-noite desse domingo (9/08), 1.868.088 pedidos de migração foram concluídos. …

Segundo a Base de Dados de Referência da ABR Telecom, 2.479.626 solicitações de troca de operadora com manutenção do número de telefone em todo o País. Do total de pedidos, 66%(139.296) refere-se a solicitação de telefonia móvel e 34% (71.796) de telefonia fixa. Até a meia-noite desse domingo (9/08), 1.868.088 pedidos de migração foram concluídos. Desses, 68% (1.266.911) são usuários de telefonia móvel e 32% (601.177) assinantes de telefonia fixa.

Ainda de acordo com a ABR Telecom, em seis meses de implantação da portabilidade numérica nos DDDs 21, 22, 23 e 24 (RJ) e no 61 (DF) foram registrados 340.836 pedidos de migração de operadora com a manutenção do número do telefone. Desses, 258.329 já foram efetivados e os usuários dos respectivos acessos se beneficiam do serviço que começou a ser implantado no país em 1º de setembro de 2008.

Entre as solicitações de troca de operadora no DDD da capital, 66%(139.296) foram originados por usuários de telefonia móvel e 34% (71.796) de telefonia fixa. Os pedidos de migração originados pelos usuários do código 61, que atende a capital do país e mais 11 localidades do Distrito Federal e entorno. Desde que o serviço começou a existir na região, 101 mil pedidos de portabilidade numérica foram registrados pela ABR Telecom.

Desses, 50,1% (50.540) vindos de usuários de telefones fixos e 49,9% (50.476) de usuários de telefones móveis. Os DDDs que completaram seis meses de portabilidade numérica no último domingo (9), representam uma base de mais de 26 milhões de acessos telefônicos fixos e móveis instalados em 104 localidades brasileiras.

A portabilidade numérica foi implantada no dia 9 de fevereiro de 2009 nos códigos do Rio de Janeiro e do Distrito Federal. A capital carioca, servida pelo DDD 21, juntamente com outros 22 municípios do Rio de Janeiro, registrou, no período, 211.092 pedidos de migração no relatório acumulado da ABR Telecom. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior TVs pagas já admitem o fim do MMDS
Próximos VoxAge compra a Memo