Lucro do BNDES é de R$ 702 milhões no semestre


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 702 milhões no primeiro semestre de 2009. Entre os efeitos que influenciaram o desempenho está o aumento de R$ 2,7 bilhões da receita bruta de intermediação financeira no período, superior aos R$ 2,1 bilhões obtidos nos seis primeiros meses do ano …

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 702 milhões no primeiro semestre de 2009. Entre os efeitos que influenciaram o desempenho está o aumento de R$ 2,7 bilhões da receita bruta de intermediação financeira no período, superior aos R$ 2,1 bilhões obtidos nos seis primeiros meses do ano anterior. Apesar da redução de juros adotada pelo BNDES, a receita no primeiro semestre do ano cresceu em função da expansão da carteira de crédito, o que contribuiu para a realização de novos investimentos na economia. O resultado é 83% inferior ao obtido no primeiro semestre do ano passado.

Os efeitos negativos sobre o lucro do banco, na compração com igual período de 2008, vieram principalmente da diminuição dos resultados de participações acionárias, de R$ 4,8 bilhões nos seis primeiros meses de 2008 para R$ 1,3 bilhão no mesmo período de 2009. A queda foi conseqüência da interrupção do processo de venda de ações, em função de um mercado desfavorável. As operações de desinvestimentos geraram um lucro bruto de R$ 72 milhões, ante os R$ 4 bilhões do primeiro semestre do ano passado.

O segundo fator que influenciou o resultado do semestre foi o aumento da despesa com provisão para risco de crédito, que atingiu R$ 1,1 bilhão em junho de 2009, em comparação com a receita de provisão para risco de crédito de R$ 400 milhões no mesmo período do ano passado. O índice de inadimplência no primeiro semestre ficou em 0,18%. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Endividamento da Oi vai aumentar, mas está sob controle.
Próximos Intelig vence licitação de R$ 217 milhões no Banco do Brasil