Lucro da Vivo dispara 270% no primeiro trimestre de 2011


A Vivo, controlada pela espanhola Telefónica, obteve lucro líquido de R$ 710,2 milhões no primeiro trimestre deste ano, crescimento de 270% em comparação ao ganho de R$ 192 milhões registrado em igual período do ano passado. O resultado positivo reflete “a melhor performance operacional, as menores despesas com depreciação e o melhor resultado financeiro”, afirma a companhia em comunicado.

O Ebitda (geração de caixa antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ficou em R$ 1,651 bilhão no período, acima do registrado nos primeiros três meses de 2010, de R$ 1,274 bilhão. A margem subiu de 30,1% para 34,3%.

“O resultado do primeiro trimestre de 2011 reflete a continuidade do crescimento da receita de serviços, especialmente dados e voz, conjugada com o controle dos custos de subsídio, comissões de venda, interconexão e melhoria contínua dos processos”, afirma a Vivo no balanço.

A receita operacional líquida da companhia no período cresceu 13,7%  na comparação anual, totalizando R$ 4,812 bilhões. Já o Arpu (receita média por usuário) caiu 0,8% nos primeiros três meses do ano em comparação a igual período de 2010, para R$ 24,6 por mês.
Entre janeiro e março deste ano, a base de clientes da Vivo cresceu 15%, atingindo 62,1 milhões de acesso, confirmando a posição de liderança da companhia.

A dívida líquida da Vivo no período  ficou em R$ 1,6 bilhão, com relação entre dívida líquida e Ebitda de 0,26 vez.(Da redação, com agências)

Anterior Lucro da Telefônica recua 13,7% no primeiro trimestre de 2011
Próximos HP passa Positivo e se torna a maior fabricante de Pcs do Brasil