Lucro da TIM cai no último trimestre, mas cresce em 2014.


A TIM registrou lucro líquido de R$ 460,3 milhões no último trimestre de 2014, queda de 7,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Mas o seu lucro no ano de 2014 aumentou 2,7%, para R$ 1,54 bilhão.

A TIM registrou lucro líquido de R$ 460,3 milhões no último trimestre de 2014, queda de 7,7% em relação ao mesmo período do ano passado. A empresa atribuiu esta queda à redução das receitas de interconexão e à diminuição das mensagens. Mas o seu lucro no ano de 2014 aumentou 2,7%, para  R$ 1,54 bilhão.  No ano passado, o lucro do último período foi de R$ 498,9 milhõe

A receita bruta no 4T foi de R$ 7,57bilhões e no ano foi de R$ 29 bilhões.  A receita líquida no trimestre foi de  R$ 5,17 bilhões, queda de 0,3% na comparação anual. No ano, a receita líquida com serviços fo de R$ 19,489 milhões. 

A margem Ebitda passou de 28,9% no quarto trimestre de 2013 para 30,1% no trimestre, com crescimento de 4 % do Ebitda  para R$ 1,56 bilhão no período de outubro a dezembro.

O ARPU (receita média por usuário) atingiu R$ 18 no período, redução de 6,3% ano a ano, também afetado pelo corte da taxa de interconexão. No quarto trimestre, os custos operacionais totalizaram R$ 3,6 bilhões, redução de 2%.

Investimentos

A TIM fechou o ano com R$ 6,85 bilhões, – dos quais R$ 2,9 bilhões referem-se à aquisição da licença de 700 MHz, de 4G -. A receita bruta de dados cresceu 24% ao ano, com R$ 6,6 bilhões. O usuário de dados já são quase metade da base – 34 milhões – e o LiveTIM (banda larga ultra rápida) já tem 150 mil clientes.

Em seu relatório, a TIM afirmou que “mais uma vez durante 2014, não permitimos que rumores e especulações infundadas sobre a consolidação do mercado brasileiro nos desviassem do foco na execução do nosso plano estratégico”.

Anterior Credores liberam Oi para gastar dinheiro da venda da PT Portugal em consolidação
Próximos Valor de mercado da Apple poderia comprar toda a bolsa de valores brasileira