Lucro da Telefônica recua 13,7% no primeiro trimestre de 2011


No quarto trimestre de 2010, o lucro da companhia ficou em R$ 622,7 milhões. A operadora afirma que, em função do foco na qualidade dos serviços prestados, houve uma redução de 1,1 % das linhas fixas em serviço em comparação com o número de linhas registradas no quarto trimestre e, por isso, ocorreu uma desaceleração momentânea no crescimento do serviço de banda larga. 

O resultado foi divulgado depois que a Vivo anunciou que seu lucro líquido no primeiro trimestre, em relação com o mesmo período de 2010, disparou 270% e chegou a R$ 710,2 milhões.

O Ebitda (geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no período ficou em R$ 1,189 bilhão, com queda de 6,8% sobre os três primeiros meses de 2010. A margem passou de 32,8% para 30%. A Telefônica encerrou o primeiro trimestre com uma dívida líquida de R$ 174 milhões.

A companhia fechou o mês de março com 11,18 milhões de linhas de telefonia em serviço – no final de dezembro o número era de 11,3 milhões. A queda foi puxada pelo segmento residencial, com 1,8% de recuo, em meio à tendência de substituição de linhas fixas por móveis. Segundo a companhia, isso ocorre também com outras empresas do setor.

Já a base de clientes de banda larga avançou 1,8 % cento no quarto trimestre de 2010 e saltou 20,7% no comparativo anual, atingindo o número de 3,38 milhões de assinantes. No segmento de TV por assinatura, a empresa registrou 509 mil clientes, 4,6% acima do verificado em dezembro e 8,4 % a mais que ao fim de março de 2010. (Da redação, com agências)

Anterior Com metas atrasadas, Telebrás se prepara para ajustes.
Próximos Lucro da Vivo dispara 270% no primeiro trimestre de 2011