Lucro da Telefônica Vivo é 18,8% menor no terceiro trimestre


A Telefônica Vivo registrou lucro Líquido de R$ 760,2 milhões no terceiro trimestre do ano, resultado 18,8% menor do que os R$ 935,8 milhões registrados no mesmo período do ano passado. O lucro líquido de R$ 2.484,6 milhões no acumulado do ano variou -16,6% em relação ao mesmo período de 2012. A receita total líquida da operadora cresceu 1,9% no trimestre, na comparação anual, e atingiu R$ 8,61 bilhões. A variação no acumulado do ano foi de 2,6%. O crescimento da receita de serviços total foi 1,5% maior em relação ao terceiro trimestre de 2013.O EBITDA Recorrente acumulado no ano atingiu R$ 7,7 bilhões com Margem EBITDA de 30,1%, -3,5 p.p. na comparação com o mesmo trimestre de 2012. 

 

Os acessos da companhia cresceram 0,5% em relação ao apresentado no 2T13, encerrando o trimestre com 76,614 milhões de acessos. O segmento pós-pago, por sua vez, cresceu 23,3% na comparação ano a ano, somando 22,138 milhões. O aumento do mix de clientes pós-pagos, que atinge 28,9%, um incremento de 5,5 p.p. no comparativo anual, foi destacado pela Telefónica Vivo.

No 3T13, as adições líquidas móveis atingiram 415 mil acessos, sendo que as adições líquidas de pós-pago alcançaram 1,453 mil acessos, uma evolução de 87% frente ao mesmo período do ano anterior. Os acessos de dados móveis registram crescimento trimestral de 11,8% e de 88,1% versus o 3T12, sendo que o ARPU móvel de dados teve aumento anual de 24%, +0,6 p.p. comparado ao aumento registrado no trimestre anterior. O parque pré-pago sofreu redução anual de 7,4%, enquanto o volume financeiro das recargas apresentou expansão de 7% no período na comparação ano a ano. 

A base total de acessos fixos cresceu 1,1% em relação ao trimestre anterior e 0,1% em relação ao ano anterior, totalizando 15,098 milhões de acessos no 3T13, impulsionada por melhor evolução em todos os serviços fixos. O aumento das linhas no segmento corporativo (4%) compensou as perdas no segmento residencial (2,7%), na comparação anual.

O pequeno crescimento no segmento de telefonia fixa residencial na comparação trimestral (0,6%) foram apontados como um indicador do sucesso da estratégia de oferecer soluções “fixed wireless” fora do estado de São Paulo. Telefônica Vivo segue perdendo clientes na TV paga (-5% na comparação anual).

 

 

 

 

Anterior Anatel abre consulta para transferência dos canais de TV digital em diferentes estados
Próximos MPF quer também suspender conexão à web por ordem judicial