Mercado italiano provoca queda de lucro, receita e Ebitda da Telecom Italia no trimestre


A Telecom Italia, controladora da TIM Brasil, apresentou queda no lucro dos três primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior. De janeiro a março de 2014, a empresa ganhou 222 milhões de euros, ante 364 milhões de euros no primeiro trimestre de 2013. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (13).

O faturamento global encolheu 11,9% no trimestre em relação a igual período de 2013, ficando em 5,188 bilhões de euros. A companhia também registrou um decréscimo de 8,4% no EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que ficou em 2,2 bilhões de euros. A operação italiana faturou 3,728 bilhões de euros, queda de 8,3% se comparado ao primeiro trimestre de 2013..

A companhia registra endividamento líquido de 27,529 bilhões de euros, aumento de 722 milhões de euros em relação ao trimestre anterior. A comparação anualizada, porém, indica redução da dívida em 1,2 bilhão de euros. O balanço da empresa aponta também caixa de 11,7 bilhões de euros, suficientes para manter as operações e investimentos previstos pelos próximos dois anos.

TIM Brasil

A TIM Brasil cresceu no período. O faturamento no Brasil, para o trimestre, permaneceu praticamente estável (queda 0,2% em relação a 2013), somando R$ 4,702 bilhões (pouco mais de 1,45 bilhão de euros). A receita por usuário caiu 2,7%, registrando média de R$ 18. A companhia avalia, no entanto, uma tendência positiva no valor do ticket, uma vez que aumentou a navegação na internet e VAS, serviços baseados em dados.

E a empresa continua a prever queda no mercado tradicional de voz e crescimento nos mercados inovadores, como de banda larga e de valor adicionado. Mas  estima crescimento no mercado brasileiro. E  avisa que vai continuar a investir em infraestrutura de ultra banda larga.

Anterior Anatel habilita as três empresas vencedoras do leilão de satélites
Próximos Cobertura móvel nos estádios da Copa preocupa senadores