Lucro da Net aumenta quase 100%. Banda larga cresce 35% e telefone, 63%.


 A Net Serviços divulgou hoje o balanço- econômico financeiro do terceiro trimestre de 2009, com resultados bem melhores do que os números apurados no mesmo período do ano passado. Encerrou o trimestre com lucro líquido de R$ 245,6 milhões, crescimento de 100% frente R$ 130 milhões do segundo trimestre de 2009. No terceiro trimestre de …

 A Net Serviços divulgou hoje o balanço- econômico financeiro do terceiro trimestre de 2009, com resultados bem melhores do que os números apurados no mesmo período do ano passado. Encerrou o trimestre com lucro líquido de R$ 245,6 milhões, crescimento de 100% frente R$ 130 milhões do segundo trimestre de 2009. No terceiro trimestre de 2008 a empresa havia registrado prejuízo de R$ 62,8 milhões. A empresa atribui este resultado excepcional à redução dos recursos alocados para o contigenciamento fiscal e à variação cambial.

Todos os números da empresa tiveram crescimento expressivo no trimestre. A  receita líquida foi de R$ 1,195 bilhão (mais 26% em relação ao 3T09); Ebitda (fluxo de caixa)  cresceu 30% e alcançou R$ 322 milhões; e margem de Ebitda também subiu para 27% (contra 26% do ano passado. A receita bruta foi de R$ 1,569 bilhão (mais 24%).

A operadora fechou o perído com 3,645 milhões de clientes de TV paga, com adição líquida de 166 mil usuários e crescimento de 25% frente à base de 2008 (2,923 milhões de usuário no 3T08). A banda larga cresceu 35%  e a empresa já conta com 2,790 milhões de clientes, adição líquida de 185 mil. E o número de linhas de telefone em serviço tiveram um salto de 63% frente ao mesmo período do ano passado. Chegaram a 2, 489 milhões, com adições líquidas de 203 mil.

A empresa conta hoje com 10,717 milhões de domicílios cabeados dos quais 8,371 milhões são bi-direcionais e 9,908 milhões são os clientes dos diferentes serviços.

O Capex do período foi de R$ 238,5 milhões, queda de 8% frente ao mesmo trimestre de 2008. Essa queda é explicada pela empresa pela valorização do real frente ao dólar, que reduziu os custos dos equipamentos.

O custo operacional chegou a R$ 591,1 milhões (crescimento de 28%); e despesas com vendas R$ 278,9 milhões (mais 21%).  ( Da redação )

Anterior Neger Telecom leva conexão para a Amazônia
Próximos B.I lança gravador para VoIP