Lucro da Cisco cresce 57% no trimestre terminado em julho


A Cisco divulgou hoje (15) os resultados do ano fiscal 2018. A companhia registrou aumento de 57% no lucro líquidos no seu quarto trimestre fiscal, encerrado em julho. O montante chegou a US$ 3,8 bilhões. A receita cresceu 6%, chegando a US$ 12,8 bilhões. O lucro no trimestre foi ampliado por benefícios fiscais com a repatriação de capital, conforme legislação aprovada pelo governo de Donald Trump.

No ano fiscal de 2018 completo, a companhia registrou receitas de U$ 49,3 bilhões, 2,7% a mais que no ano fiscal de 2017. A mesma legislação que impulsionou o lucro no quarto trimestre, teve um efeito negativo no ano, já que a empresa desembolsou US$ 10 bilhões para pagar ajustes ao governo norte-americano. Assim, o lucro líquido foi de US$ 110 milhões (ante US$ 9,6 bilhões um ano antes).

A companhia cresceu no trimestre, e no ano, em todos os mercados onde atua. As Américas continuam a ser o carro-chefe, com faturamento de US$ 7,5 bilhões no quarto trimestre, alta de 5%. Seguida de Europa, Oriente Médio e África (US$ 3 bilhões, alta de 8%) e Ásia Pacífico (US$ 2 bilhões, 6%).

O principal segmento, em receita, continua a ser as plataformas de infraestrutura, que faturaram US$ 7,4 bilhões no trimestre encerrado em julho. Aplicações, focado em software, teve receita de US$ 1,3 bilhão, e Segurança, de US$ 627 milhões.

Anterior Verizon venderá banda larga fixa 5G em 4 cidades dos EUA
Próximos Sem orçamento previsto na LDO, criação de autoridade dependerá de ajustes em ministérios