Lucro da Algar Telecom, controladora da CTBC, sobe 58,4%


A Algar Telecom, controladora da operadora mineira CTBC, encerrou o segundo trimestre de 2011 com um lucro líquido de R$46,2 milhões, alta de 58,4% na comparação com o mesmo período de 2010, segundo informou o Valor Econômico nesta terça-feira (2). De acordo com o jornal, o crescimento se deve ao aumento na área de cobertura da empresa, onde o foco passou a ser serviços para o mercado empresarial, especialmente telefonia fixa e banda larga.

A operadora atingiu a marca de 844 mil linhas fixas de telefone no final de junho, o que representa um crescimento de 13,8% de sua base instalada. Segundo o presidente da companhia, Divino Sebastião de Souza, a base de telefones fixos da companhia cresceu com a venda de pacotes que combinam os serviços fixo e móvel, além de internet e TV por assinatura. (A CTBC oferece serviços de TV a cabo nas cidade de Uberlândia e Araguari e por satélite em toda sua área de concessão – que inclui 87 municípios do Triângulo Mineiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás – e Araguari.)

Já em telefonia móvel, a empresa elevou sua base de clientes em 15,4% para 611 mil, com receita bruta de R$73,7 milhões. Destes, 43 mil estão ligados à rede 3G de banda larga móvel da companhia, ante base de 296 mil clientes na banda larga fixa.

A receita líquida da Algar no período ficou em R$536,3 milhões, impulsionada pelo crescimento na telefonia fixa e na unidade de serviços de tecnologia de informação. O Ebitda da companhia avançou 9,2% para R$100,1 milhões, mas a margem operacional recuou de 24,9% para 23,8% entre junho de 2010 e 2011. (Da redação)

Anterior Desoneração da folha de pagamento começa com a indústria de software
Próximos Apple vence disputa com Amazon e Samsung em dois mercados