Licitação do WiMAX vem no segundo semestre, com menos banda em 3,5 GHz.


 

A licitação da faixa de 3,5 GHz deverá ser lançada pela Anatel no segundo semestre deste ano, anunciou hoje o ministro Paulo Bernardo em audiência pública na Câmara dos Deputados. Segundo ele, para resolver o problema da interferência do sistema WiMAX nas antenas parabólicas que transmitem a TV aberta em banda C, a agência deverá diminuir a oferta de frequência para os serviços de telecomunicações.

 

“Nós paralisamos a licitação justamente para apurar o problema da interferência, e agora vamos retomá-la porque a Anatel encontrou a solução técnica”, afirmou ele.

 

Marco regulatório da radiodifusão


Bernardo disse ainda que irá lançar para consulta pública as perguntas que deverão norter o novo marco legal da radiodifusão e das telecomunicações. Ele frisou que a Constituição proíbe o controle prévio de conteúdo, e o objetivo do governo é regular os artigos 220 a 225 da Constituição.

 

“O debate deve ser travado pelo Congresso Nacional. Por exemplo, sou contrário a político ser dono de emissora de rádio ou TV. Ou pode-se pensar também em modelos de rádio comunitária para as igrejas, para acabar com este arrendamento”, concluiu.

Anterior Agilent Technologies inaugura centro de excelência no Brasil
Próximos Bernardo diz que falta de investimentos das teles pode antecipar debate sobre fim da concessão