LG vende menos celulares e aposta em estratégia “dual” para recuperar terreno


A divisão de celulares da fabricante LG vendeu menos do que o esperado no segundo trimestre. A empresa revelou hoje, 29, com o balanço financeiro do período, ter embarcado 14,1 milhões de unidades. O número é 3% mais baixo que um ano antes. Com isso, a receita com celulares foi de US$ 3,33 bilhões.

A gigante sul coreana, porém, acredita em crescimento ao longo deste ano. Destaca o aumento de 36% nas vendas de smartphones e tablets na América do Norte para balizar a previsão. Os aparelhos intermediários foram responsáveis por este aumento localizado. A demanda por modelos premium, como LG G4,ficou abaixo do esperado, especialmente em casa, na Coreia do Sul.

Mesmo assim, a companhia acredita em recuperação no segundo semestre. Para isso, prepara uma grande ação global, na esperança de reverter a queda global em vendas. A LG será mais agressiva no marketing e lançamento de dispositivos, implementando uma “estratégia dual”, focada em alavancar as vendas do dispositivo premium e modelos intermediários.

A receita mundial da LG, somadas todas as unidades de negócios além da divisão de celulares, ficou em US$ 12,69 bilhões, 7,6% mais baixa que um ano antes. O lucro líquido registrado foi de US$ 206,38 milhões, 45% menor que em igual trimestre de 2014. Um mercado mais competitivo e fortes investimentos em marketing explicam os ganhos menores, segundo a empresa.

Anterior Telefônica Vivo aguarda novo leilão de espectro sem muito apetite
Próximos Tráfego global de dados móveis será de 52 milhões de terabytes no ano