LG não vai mais fabricar celulares na Coreia do Sul


A LG planeja suspender a produção de celulares em seu país de origem, a Coreia do Sul. A companhia vai atender o mercado local com produtos oriundos de plantas terceirizadas que contratou no Vietnã.

A medida tem o objetivo de cortar custos e manter ativa a unidade, que apresenta prejuízo desde o segundo trimestre de 2017. No quarto trimestre de 2018, a divisão registrou perdas equivalentes a US$ 280 milhões.

A fabricante compete no mercado de aparelhos sofisticados com Samsung, Apple e Huawei. E enfrenta competição dos produtos chineses de baixo custos para modelos mais simples ou de feature phones, o que vem comprometendo suas margens e obrigando a empresa a fazer grandes aportes em marketing.

Atualmente, entre 10% e 20% dos celulares da marca são feitos na Coreia do Sul. A previsão, divulgada pela agência de notícia coreana Yonhap, é que até o final deste ano a fabricação local seja interrompida. A LG produz aparelhos também na China e aqui no Brasil. (Com noticiário internacional)

Anterior Entidades consideram ilegal fusão da TV Brasil com a NBR
Próximos Samsung lança linha Galaxy M com vendas apenas no varejo online