LG adere ao TCC do Cade que investiga cartel de telas de cristal líquido


O Conselho Administrativo de Direito Econômico (Cade) acatou a inclusão da LG Display no Termo de Cessação de Conduta (TCC) relativo ao possível cartel internacional de telas de cristal líquido. Para isso, a empresa deverá pagar R$ 33,8 milhões.

O TCC já foi assinado pelas empresas do grupo Samsung, que se comprometeram a pagar uma contribuição pecuniária de R$ 8,9 milhões. Com a assinatura do acordo, as empresas comprometem-se a “cessar a conduta e a colaborar com o Cade na elucidação dos fatos, além de admitir participação na prática investigada”, informou a assessoria de imprensa da autarquia.

Anterior Twitter e IBM fecham parceria para análise de dados sociais para as empresas
Próximos MP que reabre prazo para o REPNBL vai à sanção presidencial