Level 3 faz parceria com Microsoft por oferta em comunicação unificada


A Level 3, fornecedora de infraestrutura de redes e outros serviços de telecomunicações, começou a vender este mês, no Brasil um serviço de comunicação unificada para o setor corporativo. A solução é baseada no Skype for Business (antigo Lync), da Microsoft. O produto é capaz de substituir os sistemas de comunicação interna e externa de uma empresa e traz recursos de voz sobre IP, videoconferência, chat e compartilhamento de arquivos.

As empresas não divulgam valores para a parceria. Segundo Marcos Bedani, diretor de produtos de voz e colaboração da Level 3, a parceria se deu a partir da adoção do Skype for Business dentro da própria Level 3. “A Microsoft nos passou dados de que a maioria das empresas que usam seus serviços não sabem que têm também licença para uso do Skype for Business. Nossa ideia foi ajudá-los a impulsionar essa adoção, casando com nossa entrega de infraestrutura, hospedagem, hardware e conexão”, conta. Segundo ele, a oferta foi criada apenas para o mercado brasileiro, mas funcionaria em outros países – algo estudado pelas companhias.

A Level 3 tem uma carteira de mais de 2 mil empresas no país. A estimativa do executivo é que entre 800 e 1 mil desses clientes sejam também adeptos das plataformas de produtividade da Microsoft e tenham também uma licença para usar do Skype for Business. “Para usar o sistema é preciso conectividade, segurança, acesso a data center. Isso pode ser complicado em uma empresa, exige uma equipe especializada. A Level 3 empacotou estes serviços”, diz, resumindo a estratégia. As empresas não divulgam os valores envolvidos na parceria.

A Microsoft lançou a plataforma Skype for Business em abril. A plataforma pode ser integrada às contas pessoais dos usuários Skype, e permite também a federação de grupos entre empresas que adotam o sistema – ou seja, permite que se criem grupos de trabalho entre redes de diferentes companhias.

Anterior Operadoras europeias preparam bloqueio de anúncios no celular
Próximos Set-top box popular terá interatividade, mas não trará modem móvel