Levantamento da Huawei vê alta do PIB com investimento maior em TICs


Um aumento entre 16 e 20% no investimento em TIC gera um crescimento de 1% do PIB, aponta estudo da Huavei Tecnologies, baseado em um conjunto de dados de 125 países, no período de 2010 a 2016. Além disso, destaca o papel crítico dos governos em termos de apoio ao investimento em infraestrutura de TIC, incentivando a inovação e orientando e regulando a competição do setor.

Para liberar totalmente o potencial das TICs, o estudo destaca que é necessário envolver não apenas todos os players do ecossistema como também os governos no apoio à inovação e regulação. “O governo deve reconhecer que as TIC são uma característica fundamental da sociedade moderna e que o desenvolvimento delas poderia trazer tanto valor econômico quanto social para o desenvolvimento de um país”, sustenta o levantamento.

Como providências que podem ser adotadas pelos governos para o crescimento das TICs, o estudo recomenda o uso de parceria público-privada para melhor alocar recursos e atrair capital; isenção fiscal, subsídio e concessão tarifária para incentivar o desenvolvimento de infraestrutura e regras garantido o direito de passagem para apoiar a construção. Além disso, cita a adoção de tecnologia inovadora para melhorar a cobertura móvel com menor custo.

O estudo defende ainda o financiamento e investimento em incubadoras para incentivar a inovação; adoção de programa de desenvolvimento de talentos para a indústria de TIC e de regras de segurança cibernética para manter um ambiente saudável no mundo digital. Na área de regulação, defende uma utilização mais flexível do espectro.

Acesse aqui à integra do estudo “Telco: Investimento, Inovação e Concorrência em Infraestrutura de TIC”, da Huaewi Technologies.

Anterior Cibersegurança: o número de ameaças/dia chega a 20 bilhões, diz Cisco
Próximos Globenet inaugura PIX central em Fortaleza