Leilão das freqüências do SMP alcança R$ 570 milhões


  Dos 105 lotes licitados pela Anatel no leilão das sobras do SMP, a agência vendeu 79 e apenas 26 não tiveram interessados. A informação foi divulgada hoje pelo superintendente de Serviços Privados, Jarbas Valente.   Segundo Valente, se a venda de todas as freqüências se desse pelo preço mínimo, os 105 lotes somariam  R$ …

  Dos 105 lotes licitados pela Anatel no leilão das sobras do SMP, a agência vendeu 79 e apenas 26 não tiveram interessados. A informação foi divulgada hoje pelo superintendente de Serviços Privados, Jarbas Valente.
 
Segundo Valente, se a venda de todas as freqüências se desse pelo preço mínimo, os 105 lotes somariam  R$ 470 milhões, mas com os ágios auferidos, esse valor subiu para R$ 570 milhões. O superintendente ressaltou que a agência atingiu o objetivo desejado que era o de contar com  quatro grandes operadoras atuando em todas as áreas de prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP). “Os resultado do leilão só demonstra que as empresas acreditaram no projeto que a Anatel desenvolveu para a telefonia móvel no Brasil”, destacou

Anterior Claro repete disputa por cidades do Paraná e paga ágio de 1.098%
Próximos MCT estabelece prazo para entrega de projetos para inclusão digital