Leilão 5G pode levar Telecom Italia a reavaliar estratégia para as subsidiárias


O grupo Telecom Italia, agora denominado TIM, divulgou hoje o resultado semestral de seu balanço financeiro. A receita atingiu € 9,5 bilhões, queda de 2,7% em relação ao primeiro semestre de 2017 quando foi registrado € 9,7 bilhões. O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciações e amortização) teve redução de 4,8 % com um total de € 3,9 bilhões.

Em seu relatório para os investidores, o grupo alertou que a sua possível participação nos leilões de 5G poderão levar a companhia a rever suas opções estratégicas para as subsidiárias confirmando ainda que a venda da Persidera, empresa de redes digitais para radiodifusão, continuará.

A empresa não detalhou quais subsidiárias estariam no seu radar para possível venda a fim de bancar o leilão 5G. Em março, o CEO Amos Genish havia dito que a companhia tentava vender a Sparkle, de cabo submarino. Na mesma ocasião, o executivo ressaltou que a TIM Brasil e a unidade de torres Inwit eram estratégicas para o grupo. Mas nessa época ainda não estava na pauta buscar novas opções de liquidez para a compra das faixas de quinta geração.

O lucro líquido no período foi de € 618 milhões, o que representou um crescimento de 3,7% na comparação anual. Em relação à queda de receita, a empresa considera que organicamente houve uma expansão de 1,5% e relata que foi afetada na subsidiária brasileira pela desvalorização do real, estimada em 20% comparada ao mesmo período de 2017.

 

Anterior Lucro da AT&T cresce 31% no 2T18
Próximos PL exige sigilo de dados de clientes das concessionárias de telecom