Leilão 4G: Claro, Oi e TIM vão às compras no segundo dia


 

O leilão de venda de 4G da Anatel continuou hoje pela manhã, quando Claro, TIM e Oi voltaram às compras por alguns lotes regionais. A Vivo se contentou com a faixa nacional comprada ontem, embora pudesse também ir às compras hoje, já que o edital permitia o aumento do limite máximo de banda na segunda rodada do leilão, para 60 MHz, o que poderia favorecer Claro e Vivo.

 

A Claro,controlada pela América Móvil, do bilionário Carlos Slim, preferiu aproveitar-se desta nova condição e comprou 19 novos lotes hoje, quase todos pelo preço mínimo, pois não houve disputa com a Vivo. Ela pagou por estes lotes um valor de R$ 144,285 milhões por frequências de 10 MHz praticamente em todo o território brasileiro.A TIM comprou hoje mais dois lotes regionais, gastando R$ 7,4 milhões

 

E a Oi preferiu pagar alto por um pedaço de frequência em São Paulo, único lote que ofereceu um alto ágio. Os cinco lotes que adquiriu hoje foram quase todos pelo preço mínimo, sem competidor. Ela pagou somente pelas aquisições de hoje R$ 54,573 milhões.

 

Anterior 4G: Oi comemora o "maior retorno sobre o capital"
Próximos Telefónica anunciará aliança com a mexicana Iusacell