Leilão 4G: Claro e Vivo renunciam a frequências de MMDS


Claro e Vivo renunciaram as suas licenças de MMDS logo na abertura do leilão da 4G. Com isso as duas operadoraas ficam credenciadas para disputar os lotes nacionais de FDD de 40 MHz.

Sem a renúncia, as operadoras estourariam os limites de frequência de 40 MHz, na primeira rodada, e 60 MHz, na segunda. Claro e Vivo têm 18 meses para vender as frequências na faixa de 2,5 GHz que renunciaram. Essas faixas não voltam para o leilão.

Anterior Leilão 4G: o que está à venda
Próximos China Telecom e China ComService criam sede no Brasil