fotografo-maquina-fotografica-foto

As ações da Kodak, empresa de fotografia que lutou para acompanhar a mudança de tecnologia, aumentaram cerca de 40% hoje, 9, na bolsa de Nova York, depois que o centenário grupo anunciou o lançamento de um negócio de blockchain. A empresa anunciou que vai criar, em parceria com a WENN Digital, parte da organização de mídia WENN com sede em Londres, um livro digital criptografado de direitos de propriedade para fotógrafos, usando o blockchain – a tecnologia que sustenta criptografia como bitcoin.

A internet tornou difícil para os fotógrafos controlar seus direitos de imagem, e muitas fontes tradicionais de seus rendimentos – como os pagamentos de fotografia em banco de dados- diminuíram desde a década de 1990. Diante disso, a Kodak e a WENN planejam usar a tecnologia de blockchain para criar links mais fortes entre imagens e seus criadores. Eles também criarão uma criptografia, chamada KODAKCoin, que pode ser usada para pagar os fotógrafos quando uma imagem que eles criaram é usada.

“Para muitos na indústria de tecnologia, ‘blockchain’ e ‘cryptocurrency’ são buzzwords divertidas, mas para os fotógrafos que há muito se esforçaram para afirmar o controle sobre seu trabalho e como é usado, essas palavras-chave são as chaves para resolver o que parecia ser insolúvel problema “, disse Jeff Clarke, CEO da Kodak. (Com noticiário internacional)